Leilão Eletrônico:

Os leilões on-line trouxeram comodidade e transparência aos interessados. Sem sair de casa, bastando um computador, tablets ou Smartphone conectado a rede o interessado pode pesquisar  oportunidades e participar de qualquer leilão. O sistema de participação é livre de interferência humana, o que impede conluios e manipulações. Vale ressaltar que qualquer leilão no sistema Mega Leilões é totalmente auditável.

Os leilões extrajudiciais:

Os leilões extrajudiciais são aqueles realizados por empresas ou pessoa física que pretenda alienar bens imóveis ou moveis através de leilão. Essa modalidade de leilão é bastante utilizada pelos bancos, incorporadoras e indústrias para desmobilizar ativos de sua carteira. Existem diferentes modalidades de leilões extrajudiciais. Vale sempre ficar atento as regras do edital para saber do do que se trata o leilão e suas condições.

Os Leilões Judiciais:

Leilão Judicial é a forma jurídica de alienação de um bem para resolução de um litigio. Ou seja, por determinação judicial um imóvel ou bem móvel (carros, joias ou qualquer coisa com valor econômico) é levado a leilão através de um leiloeiro registrado no tribunal de justiça competente.

O Tribunal de Justiça de São Paulo, através do provimento 1525/2009 normatizou o leilão eletrônico. Desde então, empresas habilitadas pelo TJ/SP podem ser nomeadas pelos juízes e advogados exequentes para promover os leilões através da rede mundial de computadores.

Os leilões judiciais são dividos em duas fases chamadas de praças. Na primeira praça o bem irá a leilão com 100% de seu valor de avaliação. Não havendo arrematante abrirá a segunda praça com algum deságio previamente determinado pelo juiz. Geralmente 60% do valor de avaliação.

Como Participar:

O interessado em participar de leilão eletrônico basta acessar o portal megaleiloes.com.br ou outras empresas cadastradas pelo TJ/SP e fazer um cadastro on-line criando um login e uma senha. Os dados do cadastro serão conferidos e liberados pela Mega Leilões. Após a sua liberação o interessado pode se habilitar e dar lances em qualquer um dos leilões.

Cuidados e precauções:

A participação de leilões judiciais é bastante segura. A legislação equipara a aquisição de bem imóvel a uma aquisição originária. Isso quer dizer que após o registro da carta de arrematação eventuais gravames que constem na matricula como (hipotecas, penhoras, etc) serão canceladas. Porém, uma série de requisitos legais devem ser respeitados para que o arrematante evite problemas. Para a verificação desse requisitos e dar tranquilidade ao interessados recomendamos que o interessado consulte um advogado de sua confiança para que façam a analise do processo.

Perguntas Frequentes:

 

Posso usar financiamento nos leilões judiciais?

Não é possível usar nenhuma forma de financiamento inclusive carta de crédito.

Como faço o pagamento?

O pagamento será a vista 24horas encerrado o leilão. O vencedor do leilão receberá guia de depósito judicial e um boleto para pagamento da comissão no seu e-mail de cadastro. Ele terá 24 horas para pagar e deverá enviar os comprovantes por e-mail ou fax à Mega Leilões

Quanto tempo terei a posse e o registro do imóvel?

É muito difícil prever o tempo em que o imóvel estará desembaraçado para a ocupação e registro. Isso porque existem recursos judiciais que podem atrasar a imissão na posse e carta de arrematação.
Como faço para obter a posse e registro de um bem arrematado.
Seu advogado deverá entrar no processo para solicitar a carta de arrematação e imissão na posse do imóvel arrematado. Na maioria dos casos não é necessário que se entre com outra ação para obter a posse do imóvel.

Quem Pode participar dos leilões

O leilão é público, podendo participar pessoas físicas maiores de 18 (dezoito) anos e pessoas jurídicas, desde que concordem e cumpram as regras estabelecidas no Contrato de Adesão do Usuário e nas Condições de Venda e Pagamento do Leilão.

Quem pode indicar a Mega Leilões como gestora de um leilão judicial.

De acordo com o CPC, a prerrogativa de indicar o leilão eletrônico é do advogado do exeqüente ou do Procurador.
É um direito do exeqüente informar a maneira na qual ele pretende conduzir a execução.
Entretanto, nada impede que o Magistrado indique de ofício um Gestor Judicial para realizar o leilão eletrônico.

Qual o custo do leilão eletrônico

Para indicação e realização de leilão eletrônico não há custo para as partes nem para o advogado. O custo é zero.
Importante ressaltar que todo custo de publicidade do leilão é totalmente por conta do gestor judicial.
Qual a consequência do não pagamento de um leilão?
Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

É  possível visitar os lotes em leilão?

A visitação é geralmente autorizada pelo juiz competente. Mas na pratica a visitação é complicada. Nos imóveis ocupados o morador dificulta ou impede a visita. Nos imóveis desocupados é necessária a localização das chaves, pois o gestor do leilão não tem autorização para arrombamento.

 

Oportunidades

Apartamento Vila carrão

81

Apartamento Jardins-SP

1500

Apartamento
Santos - Sp

Entre em contato conosco www.megaleiloes.com.br ou se preferir contato@megaleiloes.com.br
ligue55-11-3149-4600